George Bernard Shaw

Há uma frase que de vez em quando é citada, pelo seu vasto significado. A versão que me chegou às mãos desta vez foi.

  • “Some see things as they are and ask why. I dream of things that never were and ask why not.”

Sempre pensei que esta frase seria do H. G. Wells e dado o seu trabalho na ficção científica até estaria bem adequado.

Contudo, depois de pesquisar um pouco (muito pouco), dei com uma referência na wikiquote.

  • “You see things as they are and ask, ‘Why?’ I dream things as they never were and ask, ‘Why not?'”
    • Back to Methuselah (1921)

Segundo a wikipedia, “Back to Methuselah” é um conjunto de 5 peças de teatro pelo George Bernard Shaw.

Se realmente esta é a referência original, então o seu significado foi muito além da sua forma frásica. O seu carácter de inovação vem quebrar de forma graciosa com o espírito de diletantismo muitas vezes presente na comunidade. O “sonho” como forma de criar coisas novas é algo muito profundo e que também evoca algum peso metafísico sobre este processo. Esta frase é de facto algo muito bem conseguido, muito bem aproveitado. A sua interpretação é algo tão vasto que daria decerto para uma obra literária.

Depois, há outro tipo de genialidade. 🙂

  • “Some people see things that are and ask, Why? Some people dream of things that never were and ask, Why not? Some people have to go to work and don’t have time for all that.”
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s