I’m back, from outter space.

Estive fora. Então, achei que era hora de regressar. Eis um pequeno pensamento que tive enquanto viajava no metro.

“”
16-02-2009

Comboio, metro. As pessoas gostam de correr, de se sentirem apertadas. Chegar em cima da hora já é um estilo de vida. Todos pensam que assim chegam mais depressa ao serviço. Os barulhos incomodam por forma a não serem habituáveis pelas pessoas e não os tomarem como seus. Infrutífero, pois foram as próprias pessoas que fizeram estes sons. Mais uma vez, é a pressa, a correria que fez a necessidade de existirem. Comum como sardinha em lata, todos tomam o seu lugar junto à porta onde todos sabemos que as pessoas vão passar ali. Empurramos, encostamos, sentimos medo, olhamos. Que horror. Que stress. E as pessoas fazem-no com um sorriso.
“”

Anúncios

One thought on “I’m back, from outter space.

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑