Flutuo

Flutuo. No vazio desta sala. Olho com o meu olhar negro para o meu lugar que não consigo ver. Quero lavar os olhos deste negrume que me entristece. Olho para um infinito que não se vê, mas que mora cá dentro. Suspiro. Consciente de uma obra que começou sem que tivessemos consciência disso. E que… Continue a ler Flutuo