E se as estradas fossem mais do que simples alcatrão?

Não vou falar de estradas inteligentes. Isso, é muito mais do que vou falar a seguir. Estradas inteligentes é a estrada saber onde estás, a que velocidade vais, saber controlar os semáforos consoante o fluxo de carros em determinado troço, recolher informação de trânsito e ceder essa informação à sinalização ou aos condutores. Isso constitui a base... Continue Reading →

Anúncios

Parafuso a menos (mesmo assim, funciona)

Fui apresentado à Revista Make quando estive interessado em fazer fotografia aérea com papagaios. Um dos artigos era sobre KAP e mostrava o projecto de um mecanismo completo de equilíbrio, suporte e disparo remoto para um papagaio. Desde essa altura que procuro a revista e ocasionalmente ainda a compro, apesar de só estar disponível em muito... Continue Reading →

A minha avó tem Facebook

Nenhuma das minhas avós tem facebook, mas posso dizer que já estão na Cloud.Já a minha mãe, que já é avó várias vezes, tem Facebook. E Skype. E muito mais. Mas isso já não devia ser admiração para ninguém. Admiração é não encontrar uma avó ou avô que não tenha dessas coisas.O vídeo que se segue não... Continue Reading →

Alegre, este nosso Fado

Admiro verdadeiramente esta nova geração de fadistas, que reinventam o Fado à sua imagem. Talvez tenha começado antes da Deolinda, mas de certeza que passou por eles e agora (ou antes) pela Ana Moura. Eles não o fazem para os outros. Fazem-no para eles próprios, partilham e daí surge uma beleza fresca no que criam.... Continue Reading →

Sony-Ericsson W595

Este, é sem dúvida o pior telemóvel que já tive. Já é a terceira vez que vai para arranjar e tudo "resolvido" com um upgrade de firmware. Em nenhuma das vezes foram resultado de uso inadequado do telemóvel.  Da primeira vez, pura e simplesmente deixou de ligar. Carregava no botão para ligar, fazia um breve... Continue Reading →

Book vending machine

Esta, eu não conhecia. Encontrei-a ontem na estação de Santa Apolonia, andava eu à procura do santo café. Uma máquina de venda automática de livros de bolso. E nada caros! Passei a correr, e nem sequer vi os títulos (ainda não tinha bebido o meu café, ok?), mas os preços andavam pelos 6 euros. Fiquei... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑